A infecção urinária é causada por microrganismos que geralmente habitam o nosso organismo, porém por alguma falta de defesa/imunidade, esses agentes se tornam danosos, causando a doença. Além disso, bactérias presentes em outras partes do corpo e que de alguma forma chegam até as vias urinárias, também podem causar infecção.

Para que ocorra a infecção, algo no sistema urinário não está bem, fazendo com que ele não tenha condições suficientes para lutar contra as bactérias. Algumas situações são mais propícias para que isso ocorra:

  • Diabetes
  • Idade avançada
  • Retenção urinária
  • Uso de cateter ou sonda urinária
  • Incontinência fecal
  • Cálculos urinários
  • Gravidez
  • Cirurgia ou outro procedimento que envolva o trato urinário

Diagnóstico

Infecções no trato urinário são diagnósticos comuns nos consultórios médicos. A doença pode atingir qualquer órgão do trato urinário, ou seja, bexiga, rins, ureteres e uretra.

Dependendo do órgão atingido, a infecção recebe um nome. A uretrite é uma infecção na uretra, canal por onde a urina é eliminada. Já a pielonefrite ou infecção renal é o nome que se dá quando a infecção atinge um ou ambos os rins. A cistite trata-se de infecção na bexiga, mais comum que as duas outras infecções.

Mulher

Esse tipo de doença é mais comum entre as mulheres por ter a uretra mais curta, se comparada aos homens. Além disso, a uretra feminina fica mais próxima ao ânus, o que pode facilitar o contato com as bactérias.

Exames

Para diagnosticar a infecção são realizados testes, alguns deles com urina e outros com amostras de sangue. A análise da urina, em uma amostra coletada depois de quatro horas sem urinar, geralmente é suficiente para realizar o diagnóstico de cistite. Quando existe a necessidade de saber se a infecção está em algum outro componente do trato urinário, além da bexiga, exames de sangue e imagem (ultrassom) podem ser necessários.

Sintomas

Os sintomas variam conforme o órgão afetado. Entenda um pouco melhor a lista a seguir.

Infecção na bexiga

  • Necessidade de urinar com frequência, geralmente em pequenas quantidades;
  • Dor ou ardor ao urinar;
  • Urina escura ou com sangue;
  • Pressão ou cólica no baixo abdome ou nas costas;
  • Pode apresentar febre baixa;

Rins

  • Mal-estar geral
  • Náuseas e vômitos
  • Pode apresentar dor abdominal e lombar severa
  • Calafrios e tremores ou suores noturnos
  • Febre

Obs.: Todos os sintomas podem aparecer ao mesmo tempo.

Prevenção

Não “segure” a urina, vá ao banheiro assim que tiver vontade de urinar; procure fazer a higiene adequadamente após urinar ou evacuar; utilize sabonetes neutros, de preferencia líquidos; esvazie a bexiga e faça higiene após a relação sexual.