A fimose é o estreitamento de pele do prepúcio que dificulta a exposição da glande e consequentemente a sua higiene íntima. Esta dificuldade de retração do prepúcio pode existir em vários graus, desde o estreitamento prepucial mais leve até aquele grau onde há impossibilidade total de retração da pele e exposição da glande.

Tratamento da fimose

Existem dois tratamentos para a correção da fimose, um é a utilização de cremes para as crianças ou, quando esta ação clínica não reverte o resultado esperado, a operação. A postectomia é a cirurgia utilizada para a correção da fimose.

Pós operatório da fimose

Normalmente pode acontecer do paciente ter alguns sintomas no pós-operatório como dor, inchaço, uma mínima saída de sangue e leve dificuldade ao urinar. Entre 10 a 14 dias o pênis começa a desinchar e os pontos vão se soltando.

É recomendado repouso, não molhar o curativo, fazer compressas frias na região e trocar o curativo somente no dia seguinte a operação. São prescritos analgésicos para aliviar a dor.

No primeiro dia após a cirurgia será necessário fazer a troca do curativo. Ele deve ser retirado com muito cuidado e caso saia uma secreção marrom ou mesmo um pouco de sangue, não é necessário alarde, é normal. Apenas lave o local corretamente com água e sabonete, seque muito bem e passe uma pomada com antibióticos receitada pelo médico. Após este procedimento cubra os pontos com uma gaze esterilizada até que o corte seque e os pontos caiam naturalmente nos dias seguintes.

O pós cirúrgico é mais difícil na idade adulta. Alguns homens podem sentir dores ou terem problemas com os pontos, por causa de ereções involuntárias. Após 30 a 45 dias da cirurgia, caso o médico não tenha passado nenhuma restrição, o ato sexual será liberado.