A próstata é uma glândula que só o homem possui e está localizada logo abaixo da bexiga, tem a forma de uma noz e envolve a parte inicial da uretra. Sua função é fabricar o líquido que é eliminado junto com os espermatozóides durante o ato sexual. Esse líquido é muito importante para manter a vitalidade dos espermatozóides na hora da fecundação.

Assim como as mulheres precisam fazer exames para detecção do câncer de mama, os homens com mais de 45 anos devem ficar atentos e fazer um check-up anual com seu médico urologista. A partir dessa idade os riscos para o aparecimento da doença aumentam, homens com antecedentes familiares diretos, pai ou irmãos com câncer, devem iniciar o exame obrigatoriamente com 40 anos.

O Câncer de Próstata é curável quando detectado no início. Caso contrário, pode se espalhar para outras partes do corpo, criando metástase e se tornando incurável. Por isso, o exame de toque é importante, ele que indicará se existem alterações concretas na glândula, assim seu médico poderá pedir exames para confirmação da doença e possivelmente indicar a  cirurgia de próstata.

O que causa esse tipo de câncer?

Não se sabe ainda com exatidão a causa, algumas pesquisas sugerem uma combinação de fatores hormonais e genéticos, hábitos alimentares e condições ambientais também são fatores de risco.

Quais os sintomas?

Na fase inicial, infelizmente o câncer de próstata não apresenta sintomas. Com o decorrer do tempo podem surgir alguma dificuldade para urinar, podendo ter um jato urinário mais fraco ou mesmo um aumento do número de vezes que vai ao banheiro. Nem sempre o aumento da próstata quer dizer câncer, pode ser uma hiperplasia prostática benigna, portanto é sempre bom ter uma avaliação urológica para descobrir quais são os problemas.

Fatores de Risco

  • Idade acima dos 50 anos
  • Alimentação inadequada
  • Vida sedentária
  • Hereditariedade

Exames requeridos

Alguns exames são necessários para a detecção do câncer de próstata: exames de sangue para ver o nível de PSA no organismo, exame de toque retal, onde o médico irá avaliar  a glândula prostática para ver o aumento de volume ou a presença de nodulações, exame de urina e uma ultrassonografia. Por isso, lembre-se de marcar um exame anual com seu urologista para descartar qualquer irregularidade.