O prepúcio nada mais é que uma pele que recobre a glande, ou a cabeça do pênis. O estreitamento do prepúcio e a impossibilidade de retração do mesmo para se expor a glande peniana é chamado de fimose.

É normal que nos primeiros anos de vida dos meninos, exista algum grau de fimose e uma certa aderência do prepúcio à glande. Contudo, essas alterações devem desaparecer naturalmente com a higiene peniana e a medida em que a criança aprende a ter controle sobre a bexiga. Quando está situação persiste após os três anos ou quando é acompanhada de dificuldade para urinar, infecções do prepúcio ou da urina, está indicado o tratamento.

Causas

As principais causas são assaduras, inflamações e cicatrizes que retraem a pele e deixam o anel do prepúcio mais estreito.

Prevenção

Desde o nascimento até a vida adulta a higiene peniana adequada é a melhor maneira de prevenir a fimose e evitar as postites (infecção ou inflamação do prepúcio). Exercícios ou massagens para abrir o prepúcio devem ser evitados, pois além de causar dor, podem provocar sangramentos e formação de cicatrizes, que podem piorar a fimose e dificultar seu tratamento.

Tratamento

O tratamento em crianças pode ser feito com cremes que possuem a finalidade de melhorar a elasticidade da pele. Estes devem ser aplicados sobre o prepúcio, fazendo com que a inflamação seja reduzida e permitindo a fácil exposição da glande.

A operação é recomendada somente nos casos onde o tratamento clínico não obteve sucesso, nos casos mais graves e naqueles associados a infecções penianas e urinárias de repetição.

É altamente recomendado que o tratamento da fimose seja feito enquanto criança, após a retirada das fraldas para se evitar os insucessos do tratamento. Em adultos o tratamento é principalmente cirúrgico.

Recomendações úteis

  • Não force a pele da glande
  • Não faça massagens para aumentar a abertura do prepúcio
  • Faça uma boa higiene do pênis com atenção e cuidado
  • Trate as assaduras para evitar infecções e cicatrizes
  • Leve a criança ao médico, na observância do primeiro sinal de inflamação ou infecção no pênis