Quem está com cálculo urinário  precisa procurar um urologista. Esse profissional é responsável pelo diagnóstico e tratamento clínico e cirúrgico dessa doença.

O que é cálculo renal?

É uma massa sólida formada por pequenos cristais que podem ser encontrados nos rins, ureteres ou bexiga, ele é mais conhecido como pedras nos rins.

As pedras são formadas quando na urina apresenta quantidades maiores que o normal de algumas substâncias, como cálcio, oxalato e ácido úrico, transformando em pequenos cristais e depois em pedras.

Alguns fatores são considerados de risco e contribuem para o surgimento do cálculo renal. São eles:

  • Histórico familiar de cálculo urinário .
  • Adultos acima dos 40 anos são mais propensos a desenvolver pedras nos rins.
  • Homens são mais suscetíveis aos cálculos renais do que mulheres.
  • Pouca hidratação aumenta os riscos de desenvolver pedras nos rins.
  • Dietas ricas em proteína, sódio ou açúcar também são consideradas fatores de risco.
  • Pessoas obesas possuem maior risco de apresentar pedras nos rins.
  • Doenças como inflamação gastrointestinal e diarréia crônica podem causar mudanças no processo de digestão afetando diretamente na absorção de cálcio e água. Acidose, lesões renais tubulares, cistinúria,hiperparatireoidismo, doenças no trato urinário e alguns medicamentos também podem aumentar os riscos de cálculo renal.

Sintomas

Quando a doença está no início é provável que não apresente nenhum sintoma, porém quando elas começarem a se movimentar dentro do rim ou de outros órgãos do sistema urinário é quando a dor começa.

Alguns sintomas que precisam ser avaliados:

  • Dor ao urinar
  • Dores intensas ou que vêm e vão e que se espalham pela região lombar
  • Urina com sangue, avermelhada, amarronzada ou rosada e mal cheirosa
  • Necessidade persistente de urinar
  • Febre e calafrios, quando existe infecção urinária e/ou dor lombar

Assim que surgir algum desses sintomas procure o profissional que irá lhe ajudar, pois em alguns casos são necessárias intervenções cirúrgica para eliminação dos cálculos ou tratamento com remédios. Os cálculos iniciais e pequenos também precisam ser avaliados,  pois em alguns casos existe tratamento de prevenção para que não se formem novas pedras ou para que as existentes não aumentem rapidamente e venham a causar problemas futuros.